> Um Alentejano esteve a beber até o bar fechar.
>
> Como era o último cliente, o funcionário informou-o que iam fechar e que
> ele tinha que sair.
> O Alentejano levantou-se e caiu no chão...
> Tentou novamente levantar-se e caiu novamente.
> Optou por se arrastar até à porta do bar.
>
> Tentou levantar-se novamente e voltou a cair.
> Já na rua tentou levantar-se e voltou a acontecer o mesmo: Caiu!
> Foi assim para casa, tentando levantar-se e caindo sempre.
> Já em casa e pela manhã a esposa comentou:
> - Ganda bubadêra onte à nôti!
> - Ó porra e como é que sabes que ê onte cheguê bêbaduuu?
> - Talafonaram do bari. Dêxaste lá a cadêra de rodas...