Domingo, 14 de Fevereiro de 2010

(Um poema para o dia dos namorados)

O sol ainda castigava e a tarde já descia
Quando encontrámos aquele mar de searas loiras
Levemente ponteado de papoilas
Onde te disse o que temia:
- Mesmo que partas e nada digas
Recordarei sempre o teu olhar
Oferecido neste ondulante mergulhar
De abraços em mar de espigas.
E só te perguntei ...o que temia:
- Que vai ser de nós?
Nada respondeste mas pressenti
Que a resposta que o coração pedia
Jamais algum dia a ouviria.
Ainda agora,
Sempre que avisto um mar de searas loiras
Levemente ponteado de papoilas
Surge do fundo do meu passado
Aquele segredo bem guardado,
Que te recorda em pensamento
E pede novas de ti, ao vento.

( autor - Francisco José Lampreia )

Scraps para orkut

'Carregando Imagens , Por favor aguarde

publicado por silvia às 13:41

link do post | comentar | favorito

♥Almodovarense de Gema ♥

♥Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

♥posts recentes ♥

1º Aniversário das Majore...

Meu rico Alentejo

Mas quem me impede de con...

Minha ,Tua ,Nossa Vila de...

NOITE DE FADOS EM ALMODOV...

QUEM NAO CONHECIA O TIO A...

Desejo um Feliz Natal e u...

Magia de Natal 2016 na mi...

Filhoses à moda de Almodô...

Mensagem de Natal do Exmo...

♥arquivos♥

♥últ. comentários ♥

Eu também queria um par mas tenho um pé pequeno 38...
É a receita das pironilhas?
Obrigada Silvia pelas receitas maravilhosas!Sou Al...
Ola Silvia, passei por aqui por azar, e adorei o s...
Eu agradeço a todos que visitam este meu bl...
Linda essa castanha. Onde se fabricam? Em Almodôva...
Boa noite!Cheguei ao seu espaço e nele vi, com sur...
Boa-noite Almodôvar! br > br >Boa-noite Alen...
Numa pesquisa sobre Almodôvar encontrei o seu blog...
Amigo(a) Alentejano(a):Belas e realistas quadras d...

♥pesquisar neste blog ♥