Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MEU ALENTEJO

ESTE BLOG E DEDICADO AO ALENTEJO E A MINHA TERRA QUE SE CHAMA "ALMODÔVAR"

ESTE BLOG E DEDICADO AO ALENTEJO E A MINHA TERRA QUE SE CHAMA "ALMODÔVAR"

MEU ALENTEJO

28
Jul09

ANEDOTA ALENTEJANA

silvia

Uns lisboetas de viagem ao alentejo vêm um alentejano junto a uma paragem de autocarro e tentando entrar no gozo perguntam:
- Compadres, a que horas chega aqui o autocarro da rodoviária?
- Agente aqui na chama rodoviária, é cameneta da carrera!
 - Mas compadre, a rodoviária é a transportadora nacional
- Já lhe disse, agente aqui chama cameneta da carrera!
Já irritado o lisboeta vira-se e pergunta:
- E como é que chamam aos filhos da p...
- Agente aqui nã os chama, eles vem cá teri!

blumen_natur/takvog.gif

20
Jul09

AO ROMPER DA BELA AURORA

silvia

Os olhos do meu amor
Não são olhos, são olhões
Andam acesos no mar
Parecem dois lampiões

Ouvem-se os galos cantar
Ao romper da madrugada
Já são horas d’acordar
Levanta-te ó minha amada

Levanta-te ó minha amada
Vem á janela espreitar
Ao romper da madrugada
Ouvem-se os galos cantar

As estrelas do céu correm
Todas numa carreirinha
Também os amores correm
Da tua mão para a minha

blumen_natur/lnline1.gif

19
Jul09

- Feira Nova - Dias 19 e 20 de Julho (Almodôvar)

silvia

Feiras e Romarias de PortugalRecordar a feira nova que e sempre no dia 20 de Julho ...pois antigamemte era uma feira muito grande com muitas diversoes e estava por mais tempo , vinham pessoas de todos os lados a esta feira e hoje em dia e so por dois dias ... feira que nunca esqueco!!  o meu pai quando estava aqui na alemanha gostava de ter as ferias nesta altura para passar o dia da feira ...  era um dia que ele adorava

19
Jul09

COMO O TEMPO PASSA!

silvia

TEMPOS DE ESCOLA!!!

Recordar a minha  irma  LURDES na seta a esquerda e a AMALIA direita que me enviou a foto ...Pois foi tirada no ano 1970/1971 na escola primaria de  Almodôvar  e nesse ano foi a Professora LUCIA  ...Pois quem se reconhecer pode deixar uma ....mensagem ....

°°  SILVIA  °°

12
Jul09

Quando te deixei Alentejo

silvia

Quando te deixei Alentejo,
não sabia o que era a saudade,
agora que o tempo passou
posso dizer de verdade
que a saudade em mim morou!

Alentejo tão grande e distante,
ensinaste-me o que era a saudade,
ao deixar -te desconhecia
que a saudade é fogo que arde
juntamente com a nostalgia!

Sinto saudades dos teus campos
das searas de louro trigo,
das águas frescas das fontes
de alguém, de um amigo
que deixei nesses teus montes.

Até do sol tenho saudades,
e das cantigas que aprendi,
foste tu que me ensinaste
que quando o Alentejo canta
é a saudade que mora em ti!

Serias tu Alentejo
com os teus mornos cantares,
anda diz-me a verdade,
não vale a pena ocultares,
inventaste a Saudade?

 

12
Jul09

..Alentejo ..

silvia
..
Meio-dia. O sol a prumo cai ardente,
Doirando tudo...Ondeiam nos trigais
D’oiro fulvo, de leve...docemente...
As papoilas sangrentas, sensuais...
.
Andam asas no ar; as raparigas,
Flores desabrochadas em canteiros,
Mostram, por entre o oiro das espigas,
Os perfis delicados e trigueiros...
.
Tudo é tranqüilo, e casto, e sonhador...
Olhando esta paisagem que é uma tela
De Deus, eu penso então: Onde há pintor,
.
Onde há artista de saber profundo,
Que possa imaginar coisa mais bela,
Mais delicada e linda neste mundo?!
..
Florbela Espanca
O meu Alentejo

 

O Lugar Da Liberdade

.
Não há mansão por rica que seja
que valha o conforto da minha choupana.
No alto as Estrelas, dádiva do Céu
,o Sol e a luz e o brilho da Lua.
.
Pela mão dos Anjos e seu engenho foi posta de pé-
É esta uma história que hei-de contar.
E o meu Senhor, o Deus das Alturas,
Deu-lhe um telhado feito de colmo.
.
Na minha morada a chuva não cai
E não há que temer espadas e lanças.
É um lugar onde se goza a liberdade
Jardim aberto sem sebe em redor.
.
(Autor desconhecido, séc. IX. )
in A Perfeita Harmonia -
Poemas Celtas da Natureza
(Tradução de José Domingos Morais)
...in Poemário A/Alvim, 2007.

 

 

A luz que te ilumina,
Terra da cor dos olhos de quem olha!
A paz que se adivinha
Na tua solidão
Que nenhuma mesquinha
Condição
Pode compreender e povoar!
O mistério da tua imensidão
Onde o tempo caminha
Sem chegar!...

(Miguel Torga)

10
Jul09

Feira de Santiago na Vidigueira

silvia


PROGRAMA


SEXTA-FEIRA | 10

15h00 | COLÓQUIO
Produção de queijos e os vinhos brancos,
com degustação de produtos
Adega Cooperativa de Vidigueira

19h00 | INAUGURAÇÃO OFICIAL
Desfile da Fanfarra dos
Bombeiros Voluntários de Vidigueira

19h30 | TEATRO DEBATE SOBRE SEXUALIDADE
“Nem muito simples nem demasiado complicado”
Organização: Associação GAMA
Igrejinha Nova

22h00 | Actuação do Grupo Musical IMPROVISOS DO SUL

23h30 | Animação Musical pelo Grupo SEM LIMITE


SÁBADO | 11

11h00 | Arruada pelo grupo BOMBOS DE LAVACOLHOS

18h30 | Arruada pelo grupo BOMBOS DE LAVACOLHOS

19h00 | Corrida de Toiros (Ver programa próprio)

20h30 | Arruada pelo grupo BOMBOS DE LAVACOLHOS

21h30 | Actuação do Grupo Musical SOL DO GUADIANA

23h00 | Grupo de Música Flamenca LOS CHANELAS

24h00 | Animação Musical com o Grupo ALTO E BOM SOM (ABS)


DOMINGO | 12

20h30 | Actuação de RANCHO FOLCLÓRICO DA LUZ

21h30 | Actuação do Grupo de Música Popular VOZES D’ALQUEVA


EVENTOS PARALELOS

PINTURAS FACIAIS E PINTURAS DE T-SHIRTS para crianças
Pavilhão Institucional

Programa de Rádio DIÁRIO DA FEIRA

EXPOSIÇÕES DE FOTOGRAFIA

SAHARA OCIDENTAL
Os Filhos das Nuvens – Um Grito pela Liberdade

DESCOBERTAS
Manuel Carvalho, Jorge Salvador, Joaquim Oliveira

Pavilhão Municipal

NA FEIRA

TASQUINHAS

ESPAÇO ARTESANTO

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D