Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MEU ALENTEJO

ESTE BLOG E DEDICADO AO ALENTEJO E A MINHA TERRA QUE SE CHAMA "ALMODÔVAR"

ESTE BLOG E DEDICADO AO ALENTEJO E A MINHA TERRA QUE SE CHAMA "ALMODÔVAR"

MEU ALENTEJO

18
Out10

15ª edição das 48 Horas Automóveis Antigos ao Alentejo nos dias 29, 30 e 31 de Outubro

silvia

48 horas Automóveis Antigos Alentejo 2008SEXTA-FEIRA, 29 DE OUTUBRO

15:00 horas- Abertura do Secretariado no Beja Parque Hotel

16:00 horas - Concentração no Beja Parque Hotel

Recepção dos concorrentes

Entrega de documentação

21:00 horas - Jantar na Quinta do Careto em Beja

 

SABADO 30 DE OUTUBRO

 

09:30 horas - Partida dos concorrentes

10:00 horas - Neutralização em Ferreira do Alentejo

12:00 horas - Chegada a Vila Nova de Milfontes

12:30 horas - Almoço em Vila Nova de Milfontes

13:00 horas - Passagem por Almograve

15.30 horas - Neutralização em Odemira

Circuito de Odemira / Prova Espectáculo

15.35 horas - Partida para a 2ªEtapa

16:30 horas - Neutralização em Aljustrel

Circuito de Aljustrel / Prova Espectáculo

18:00 horas - Chegada a Beja

21:00 horas - Jantar na Pousada de São Francisco

09:30 horas - xxxxxxxx

 

DOMINGO 31 DE OUTUBRO

 

10:00 horas - Partida dos Concorrentes

10:30 horas – Passagem em Cuba

11:00 horas – Neutralização na Vidigueira / Prova Espectáculo

11:30 horas – Visita Guiada a Adega Cooperativa da Vidigueira

13:00 horas – Almoço na Quinta dos Estudos

15:00 horas – Distribuição de Prémios.

http://48halentejo.com/index.html

17
Out10

ALENTEJO

silvia
ALENTEJO

A lua que te ilumina,
Terra da cor dos olhos de quem olha!
A paz que se adivinha
Na tua solidão
Que nenhuma mesquinha
Condição
Pode compreender e povoar!
O mistério da tua imensidão
Onde o tempo caminha
Sem chegar!...
Miguel Torga
vlinder252008.gif

14
Out10

Parabéns aos 33 mineiros pela resistência, com toda vontade de viver

silvia
Os 33 mineiros soterrados no Chile ficaram mais de dois meses refugiados a quase 700 metros de profundidade. Durante o resgate, muita emoção entre os trabalhadores e familiares. Que Deus abençoe a toda a equipe responsável por esse resgate, às famílias que sofreram junto com os mineiros e é claro a esses HERÓIS que conseguiram sobreviver tanto tempo .....
  Poema o milagre de Atacama, Chile.

Hoje, 13 de outubro,
é uma data histórica
pra celebrar o renascimento
dos 33 mineiros chilenos,

Em um mundo tomado
por tragédias, guerras,
este resgate exitoso
pode representar um sinal

Para toda a humanidade
de que a fé e a solidariedade
quando estão juntas
são uma força mobilizadora,

Em um dos depoimentos
mais emocionantes, um dos mineiros
dizia ter se agarrado às mãos de Deus
no vale das trevas rocha adentro

Decerto todo um esforço
da Nasa americana,
à Marinha chilena,
foi coroado.

Em um dos ofícios
mais ancestrais, inseguros
e perigosos do mundo:
a mineração.

Quantos milhares de homens,
mulheres e crianças
já deixaram suas vidas
no interior das minas?

Na célebre novela Germinal,
Emile Zola já denunciava
há 200 anos as condições
de trabalho nas minas de carvão.

O carvão, o cobre, o ferro,
o ouro, a prata, o níquel,
os minérios cada vez mais valiosos
e a vida humana cada vez mais banalizada

A sobrevivência desses heróis
o espírito de cumplicidade, lealdade
a simplicidade e o sorriso
no reencontro com suas famílias

Nos contagia, nos mostra caminhos
estreitos como o da cápsula redentora
longos como a distância até a superfície
mas, um caminho seguro do homem que renasce

Como das cinzas, na Fênix
que deu o nome à cápsula,
os mineiros saem do anonimato
de uma vida humilde, sofrida

Salve o Chile, seu povo heróico
em um ano de terremotos e tsunamis
esta tragédia evitada, vem trazer
esperança, força e fé a todos os corações.

Aos mineiros, que lutaram
bravamente pela direito de viver
abraçando-se em uma causa coletiva
os aplausos emocionados do poeta

No deserto de Atacama,
onde se pode ver através do Hubble
todo o majestoso universo
uma pequeno meteoro rasgou a rocha

E transformou o medo em esperança
e trouxe a ponta do iceberg da insegurança
do trabalho da mineração mundo afora
do Chile à China, da África do Sul à Rússia

Bravos mineiros,
que se refaçam destes 69 dias
de confinamento e angústia
para viverem a vida a que têm direito.

E o acidente da mina
pode ser um poderoso sinal
para reflexão e redenção
de que o homem de fé nunca está só.

 

                                                      poema de AjAraujo

 

QUERO TAMBÉM DAR MUITA FORCA E CORAGEM AOS MINEIROS DE ALJUSTREL E DE ALMODÔVAR DA MINA NEVES CORVO  .....QUE DEUS VOS ABENÇOE

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D