Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MEU ALENTEJO

ESTE BLOG E DEDICADO AO ALENTEJO E A MINHA TERRA QUE SE CHAMA "ALMODÔVAR"

ESTE BLOG E DEDICADO AO ALENTEJO E A MINHA TERRA QUE SE CHAMA "ALMODÔVAR"

MEU ALENTEJO

16
Dez10

Bom Natal e Feliz 2011

silvia

“ O Natal é a época de trocar a duvida pela fé,

o ódio pelo amor,

a violência pela paz,

a ofensa pelo perdão,

o indiferentismo pela solidariedade,

o egoismo pela partilha.

Que este Natal se mantenha

nos nossos corações para sempre.

Bom Natal e Feliz 2011.”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

15
Dez10

FELIZ NATAL E UM PROSPERO ANO NOVO PARA TODOS OS ALENTEJANOS (AS ) E TODOS OS ALMODOVARENSES

silvia

O Natal está a aproximar-se   ...

 Por esta razão,queria deixar aqui minha mensagem de Natal  

para todos os alentejanos (as ) e todos os Almodovarenses

e desejar um santo e Feliz Natal com muita saúde, paz e amor,
na companhia de vossos familiares e que o novo ano que se aproxima ,

lhes traga a concretização de todos os vossos  sonhos ... 
Aproveito para deixar umas palavras de apoio

para todos aqueles que não têm uma família

 para lhes dar o calor natalício que todos prezamos,

mas também para aqueles que,

 por motivos de doença ou trabalho,

 não podem estar no aconchego do lar.

Ou para quem já perdeu alguns dos seus  familiares assim como eu  ...
Para todos voces , votos de coragem e esperança no futuro.

FELIZ NATAL e um PROSPERO ANO NOVO
Um GRANDE ABRAÇO

 

 

15
Dez10

NATAL 2010 LAR DA SANTA CASA EM ALMODÔVAR

silvia

Assim se festejou o Natal dos idosos em Almodôvar

 

 PRESÉPIO

 

 UM DOS PRESÉPIOS FEITO PELOS UTENTES

 

 

 

A MESA ONDE OS UTENTES E CONVIDADOS

LANCHARAM DEPOIS DA MISSA

 E DAS VARIEDADES COM O NOSSO JÁ BEM CONHECIDO

GRUPO BEIRA SERRA

  

  

 

 

MISSA DE NATAL NO LAR DA SANTA CASA

 

 

 

 E, COMO NÃO PODIA FALTAR,

O PAI DE NATAL COM AS PRENDINHAS PARA OS
UTENTES

 

 AS FUNCIONÁRIAS QUE PREPARARAM O BELO MANJAR

 

 UMA DAS FIGURAS MAIS CONHECIDAS DE ALMODÔVAR

 

QUE O MENINO JESUS CONTINUE NO CORAÇÃO

 DE TODOS OS QUE PROPORCIONARAM

ESTA FESTA DE NATAL,

PARA ALEGRIA DOS UTENTES ,

POIS SÃO MOMENTO
MUITO BONS PARA ELES
DA MINHA PARTE A TODOS O MEU OBRIGADO
(PORQUE ELE SÃO TODOS MEUS )

Texto e fotos pela amiga

Ana Barão

  

  

 

 

E eu desejo aos nossos Idosos , Funcionarias

 e identidades do Lar da Santa Casa de Almodôvar
e a amiga Ana um Santo Feliz Natal

 

 

 

 

 

 

10
Dez10

Natal alentejano

silvia
Natal alentejano
O Natal também se celebra em Portugal sem a Missa do Galo. Apesar desta ser o centro de todo o ciclo comemorativo e comandar as demais manifestações, a tradição – muito viva no Alentejo – de representar os chamados “presépios vivos” pode assumir o seu lugar, como acontece na paróquia da Trindade, Beja.
A iniciativa partiu dos próprios fiéis e mesmo as gentes que há muito saíram da aldeia para ganharem a vida acabam por se deslocar propositadamente aos ensaios. O que se faz é contar a história toda do nascimento em verso.
Os autos de Natal inserem-se na tradição do teatro popular e representavam-se primariamente ao ar livre, na noite de Natal, das 21h às 06h00. Hoje o auto de Natal continua a demorar horas, mas já é feito no salão paroquial.
A Missa do Galo continua, ainda assim, a ser a principal protagonista da noite cristã no Alentejo. O tributo ao Deus menino "em palhas deitado” é conhecido de todo o país:
Eu hei-de dar ao Menino
Uma fitinha p'ró chapéu
E Ele também me há-de dar
Um lugarzinho no Céu...

Olhei para a céu
Estava estrelado
Vi o Deus Menino
Em palhas deitado.

Em palhas deitado
Em palhas esquecido
Filho de uma rosa
Dum cravo nascido

Estas palavras disse a Virgem
Ai quando nasceu o Menino
Ai vinde cá meu anjo loiro
Meu sacramento divino

Outro contributo incontornável do Natal Alentejano para a vivência da quadra em todo o Portugal é o “Natal de Évora”:
O Menino está dormindo
Nas palhinhas despidinho
Os anjos lhe estão cantando:
Por amor, tão pobrezinho.

O Menino está dormindo
Nos braços de S. José
Os anjos lhe estão cantando:
Gloria tibi, Domine.

O Menino está dormindo
Nos braços da Virgem pura
Os anjos lhe estão cantando:
Glória a Deus lá nas alturas.

O Menino está dormindo
Um sono de amor profundo
Os anjos lhe estão cantando:
Viva o Salvador do mundo

O madeiro de Natal
O madeiro é aceso na chaminé de todas as casas, onde o Menino Jesus coloca os brinquedos no sapatinho. Nos largos das vilas, aldeias ou cidades, e nos adros das igrejas são queimadas quase árvores inteiras na fogueira que aquece a noite de natal.
Diz quem vive este Natal que o lume da chaminé é para o menino se aquecer quando vier pela noite dentro recompensar as crianças por se terem portado bem e terem ajudado a fazer o presépio. Vai-se buscar a lenha onde a houver sem necessidade de qualquer autorização: diz-se que é para “aquecer o Menino Jesus” e basta. A notável propensão do povo alentejano para a música fixou estas tradições em quadras:
O Menino vai à lenha
Espetô-le um pico no pé
Chamou Nossa Senhora
Respondê-le Sã José.

Ó mê Menino Jesus
Encostado ó madêro
Ê vos dô a minh'alma
Fazei dela o travessêro

Presépios e Roncas
Os bonecos de Estremoz, em barro cozido e polícromo, dão vida a um dos presépios mais conhecidos do país, com várias figurinhas profano-religiosas. Ainda hoje prestigiados artesãos ceramistas e barristas continuam a concebê-los num estilo muito próprio, numa diversidade de modelos, dimensões e cores.
Os presépios caseiros davam origem a visitas às casa na vizinhança. Em Elvas era habitual entoarem-se cânticos natalícios acompanhados pela “Ronca”, um instrumento semelhante à zabomba espanhola.
Este instrumento pode ser feito de uma panela de barro, cântaro de lata ou de um pote.A ronca leva uma pele a tapar a boca do recipiente, no centro da qual há uma cana.
A qualidade da pele é muito importante por causa do som. Por isso se usam peles de cabra ou borrego, e ainda de bexiga de porco.

A Missadura
Da preparação da mesa para a véspera de Natal fala-nos longamente o livro “Etnologia do Natal Alentejano”, (PESTANA, M. Inácio, Portalegre 1978).
Em algumas terras do distrito de Évora, tanto quanto é possível, faz-se a matança do porco antes do Natal, para se assegurar o abastecimento da “missadura”. Esta missadura (Consoada) ocorre em cada lar logo a seguir à missa do galo e na sua ementa inclui-se toda a variedade de carne de porco.
A Consoada é a seguir à Missa de Natal porque até lá o que se come propriamente ao jantar do dia 24 de Dezembro nas casas alentejanas é a sopa de cação, pescada frita, bacalhau, ou outro peixe, acompanhado com batatas, couve-flor ou grelos. Esta regra tem a ver com o antigo preceito da abstinência, que embora já exista na liturgia ainda é respeitada por muitos.
“Quem não jejua dos Santos ao Natal, ou é besta ou animal”, dizia um velho ditado popular.
 
Maria Lucilia de Campos
ALENTEJO - TERRA E GENTE

09
Dez10

DÁ-ME UMA GOTINHA D'ÁGUA

silvia
DÁ-ME UMA GOTINHA D'ÁGUA

Fui à fonte beber água
...Achei um raminho verde
Quem o perdeu tinha amores
Quem o perdeu tinha amores
Quem o achou tinha sede!

Dá-me uma gotinha d’água
Dessa que eu oiço correr!
Entre pedras e pedrinhas,
Entre pedras e pedrinhas,
Alguma gota há-de haver!

Alguma gota há-de haver,
Quero molhar a garganta,
Quero cantar com’a rola
Quero cantar com’a rola
Como a rola ninguém canta!

Daqui até à malhada
Lindos beijos lhe vou dando
Já cá levo a minha noiva
Já cá levo a minha noiva
Já me posso ir andando

Dá-me uma gotinha d’água
Dessa que eu oiço correr
Entre pedras e pedrinhas,

Entre pedras e pedrinhas,
...
Arminda Palma
Ppara o Grupo Alentejo Terra e Gente

09
Dez10

MEU ALENTEJO!!!!

silvia

MEU ALENTEJO!!!!
Alentejo dos meus amores !
Terras de solidão...
Cobertas de mil flores ,
E campos que nos dão pão!!!

Cearas de ondas doiradas,
Onde me quero banhar;
Alfazema perfumada !!!
Noites quentes de luar...

És oásis p`ra descansar;
És o meu fruto maduro
És paixão para se amar...
És o meu porto seguro!!

O meu ser foi fecundado
Pelo teu secreto encanto ,
Por muito que tenha andado...
Saudades eu sinto...em pranto!

AH ALENTEJO...ALENTEJO....
ALENTEJO QUE AMO TANTO !!!!
Conceição Baiona Conceição

08
Dez10

Almodôvar organiza Recolha de Bens Alimentares

silvia

 

UM GESTO EM TROCA DE UM SORRISO!”

Almodôvar organiza Recolha de Bens Alimentares

Considerando a necessidade de apoiar as famílias mais carenciadas do Concelho, o Gabinete de Acção Social da Câmara Municipal de Almodôvar decidiu organizar uma grande Campanha de Recolha de Bens Alimentares que decorrerá de 6 a 12 de Dezembro.

Esta é uma iniciativa que conta com o apoio do Corpo de Escuteiros de Almodôvar e todos os interessados poderão entregar os seus donativos nos seguintes

Pontos de Entrega:
Câmara Municipal de Almodôvar
Juntas de Freguesia
Guarda Nacional Republicana
Escola EB2.3/S Dr. João de Brito Camacho
Escola EB1 de Almodôvar
Bombeiros Voluntários de Almodôvar
Supermercado Pingo Doce
Supermercado Minipreço

(Deverá privilegiar os alimentos de prazo mais prolongado, como: massas, enlatados, papas, cereais, azeite, etc.)

Contribua!!!
Juntos podemos fazer deste um Natal + Feliz para muitas Familias!

 

Publicacao do Municipio de Almodôvar
para Facebook

http://www.cm-almodovar.pt/

 

 

08
Dez10

Terra bravia, terra lavrada

silvia

Terra bravia, terra lavrada
Terra sadia e muito amada
Terra magia , terra de pão
Terra que cria primavera e verão
Queimada esta terra, de sangue regada
Campo de batalha de muita jornada
Terra de morte, terra de vida
Por muitos lembrada, por tantos esquecida
Toda a sua gente, pela força e raça
Não deixa indiferente, quem por aqui passa
Milho arroz ou trigo , seara dourada
É o Alentejo,
É terra sagrada!!!!!
 
TEXTO E FOTO DE Mel BESUGA

PARA O GRUPO DE ALENTEJO -TERRA E GENTE

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D