Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MEU ALENTEJO

ESTE BLOG E DEDICADO AO ALENTEJO E A MINHA TERRA QUE SE CHAMA "ALMODÔVAR"

ESTE BLOG E DEDICADO AO ALENTEJO E A MINHA TERRA QUE SE CHAMA "ALMODÔVAR"

MEU ALENTEJO

17
Mai11

Flor do cardo

silvia

Flor do cardo

João Monge / Joaquim Campos *fado tango*
Repertório de Aldina Duarte

Dói-me ser a flor do cardo
Não ter a mão de ninguém;
Tenho a estranha natureza
De florir com a tristeza
E com ela me dar bem

Dói-me o Tejo, dói-me a lua / Dói-me a luz dessa aguarela
Tudo o que foi criação / Se transforma em solidão

Visto da minha janela

O tempo não me diz nada / Já nada em mim se consome
Não sou princípio nem fim / Já nada chama por mim

Até me dói o meu nome

Dói-me ser a flor de cardo / Não ter a mão de ninguém

Hei-de ser cravo encarnado / Que vive em pé separado
E acaba na mão de alguém

 

13
Mai11

Alentejo de fogo, das ceifeiras

silvia

Alentejo de fogo, das ceifeiras
Lindas de outrora, que não voltam mais!
Ouvem-se ainda seus cantos nos trigais
E os risos à sombra das oliveiras.

Eram das vastas planícies guerreiras,
Destras a esgrimir a foice e jamais
Rendiam-se aos dias de calor infernais,
De oiro os grãos distraiam-nas das suas canseiras.

Do teu ventre, ó dourado Alentejo,
Que em sonhos vagos, longínquos te beijo,
Nasceu a ceifeira, ternura de mãe!

Relembro a brancura das casas caiadas,
As ruas estreitas, ermas, empoeiradas...
Relembro o olhar meigo dos avós também.

(Luís R Santos

12
Mai11

Celebre o Dia da Espiga (5ª feira da Ascensão) 2 Jun. 2011

silvia

Celebre o Dia da Espiga (5ª feira da Ascensão) 2 Jun. 2011  

 

É uma tradição que tem vindo a ser esquecida, mas, em muitas

 

Terras portuguesas, ainda se vai passear nos campos e colher um

 

ramo alusivo a esta data

 

DIA da ESPIGA

 

Segundo o calendário litúrgico, na Quinta feira da Ascensão comemora-se a elevação de Jesus Cristo ao Céu ,Encerrando um ciclo de 40 dias após a Sua Ressurreição: a Páscoa . Há alguns anos a Quinta Feira de Ascensão era Considerado feriado, mas hoje apenas alguns municípios Mantêm esta “pausa” no meio da semana

 

No entanto nesta mesma data celebra-se também o saudoso Dia da Espiga . Em algumas localidades sobretudo no Sul do País ,é tradição as pessoas irem para os campos apanhar a espiga de trigo e outras flores silvestres, fazendo ramos simbólicos da fecundidade da terra e da alegria de viver.

 

Posteriormente os ramos são pendurados em casa e conservados durante um ano .até ao próximo Dia da Espiga.

 

Quanto ás raízes desta tradição , poucas certezas há .A juntar á celebração religiosa alia-se a pagã.

 

Alguns historiadores crêem ser baseada num ritual antigo, que consistia na bênção dos primeiros frutos e que marcava o arranque da época das colheitas . Outros dizem ter nascido nas festas em honra á deusa da Flora que ocorriam por esta altura do ano.

 

O simbolismo do Ramo

 

Nesta Quinta-feira, é tradição sair para ir colher um ramo ao campo. Conheça ,então a simbologia associada a cada elemento que compõe o “ramalhete"

 

ESPIGA ----- PÃO

 

OLIVEIRA ----- AZEITE E PAZ

 

PAPOILA ----- AMOR E VIDA

 

ALECRIM ----- FORÇA DE VIVER

 

ROMANEIRA ----- SANGUE /SAUDE

 

MALMEQUER ----- OURO E PRATA

 

VIDEIRA ----- VINHO E ALEGRIA

 

 

 

11
Mai11

DEUS NA PLANÍCIE

silvia



O espírito de Deus flutua e erra

por todo este côncavo profundo.

Assim errava Ele sobre a terra

quando pensou na criação do Mundo.



É noite. Aqui não há mar nem serra.

Há o infinito, o vago. E cá no fundo

minh'alma que se excede e que se aterra,

ó Hálito-Supremo em que eu me inundo!



Ó Hálito-Supremo!... É noite escura.

E o Criador no enlevo em que eu me alago

domina e empolga a Sua criatura.



Sucumbe em mim o bicho vil da terra

E como no Princípio sobre o vago

O Espírito de Deus flutua e erra.



António Sardinha in " Epopeia da Planície"

( Poeta Alentejano )

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D