Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MEU ALENTEJO

ESTE BLOG E DEDICADO AO ALENTEJO E A MINHA TERRA QUE SE CHAMA "ALMODÔVAR"

ESTE BLOG E DEDICADO AO ALENTEJO E A MINHA TERRA QUE SE CHAMA "ALMODÔVAR"

MEU ALENTEJO

24
Dez11

FELIZ NATAL 2011 PARA O ALENTEJO E ALMODÔVAR MINHA TERRA

silvia

 

 

 

feliz1.gif

Quando chegou o tempo previsto para Maria dar à luz, procuraram um lugar para que a criança nascesse. Mas portas foram fechadas e, com tantas casas, não havia lugar.
Meu coração sempre doeu ao ver isso nas representações do Natal, por que eu nunca entendi como corações podiam ser assim tão endurecidos. Havia lugar para tantas coisas, mas não havia para o Mestre de todos os mestres.


E hoje ainda é assim. Há lugar para muito em nossas vidas. Temos dias repletos, preenchemos com coisas que nos fazem bem, outras nem tanto, ganhamos tempo aqui, perdemos aqui... mas para Jesus ainda não há lugar!...


Nós, que nos julgamos bons, sensíveis e sábios, acolhemos a vida, não somos diferentes das pessoas que disseram não quando Jesus devia vir ao mundo. Nós também nem sempre damos lugar. E Ele continua Sua estrada... à procura de uma porta aberta, uma vida disposta a recebê-lo.


Penso nas pessoas que naquela época perderam a oportunidade de ver nascendo em suas casas o próprio Filho de Deus, Rei de todos os reis, Senhor de toda a terra.


Que isso sirva para nossa reflexão: perdemos bênçãos nas nossas vidas por que não sabemos dar lugar, não sabemos abrir a porta e acolher.


Diz a Bíblia: "Guardai a hospitalidade, pois muitos sem saber hospedaram anjos."


Que nossos corações possam ter todas as portas e janelas sempre abertas a Deus e aos outros, não só no Natal, mas em todos os dias do ano!...

Letícia Thompson

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D