Domingo, 18 de Agosto de 2013

Mulher Alentejana é madrigal

Mulher Alentejana é madrigal
É aragem fresca, água que corre
É sentimento que nunca morre
Mulher Alentejana é farol
A sua luz faz inveja ao sol

É força agreste, terra barrenta
Fruta silvestre, amora preta
Veste-se de negro simples discreta
Esconde o choro num riso franco
Olha o campo é filho seu
Morreu na guerra, luto lhe deu
Raiva bravia, fundo barranco
Que lhe engoliu os sentires
Rugas na pele gasta p`lo sol
Já foi menina de frescas carnes
Foi rainha de alguns amores
Hoje velhinha pensa na prol

Olha pró sol, aqui estou eu
Vivi a vida que Deus me deu
Posso morrer vou descansada
Perdi os passos naquela estrada
Ganhei o chão onde vou morar
Com o meu filho vou descansar

Olha pró sol, ultimo adeus
Á terra virgem, barro gasto
Já não há trigo, já não há pasto
Ai Alentejo dos olhos meus.

Poema: Antónia Ruivo

publicado por silvia às 22:05

link do post | comentar | favorito

♥Almodovarense de Gema ♥

♥Novembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

♥posts recentes ♥

1º Aniversário das Majore...

Meu rico Alentejo

Mas quem me impede de con...

Minha ,Tua ,Nossa Vila de...

NOITE DE FADOS EM ALMODOV...

QUEM NAO CONHECIA O TIO A...

Desejo um Feliz Natal e u...

Magia de Natal 2016 na mi...

Filhoses à moda de Almodô...

Mensagem de Natal do Exmo...

♥arquivos♥

♥últ. comentários ♥

Eu também queria um par mas tenho um pé pequeno 38...
É a receita das pironilhas?
Obrigada Silvia pelas receitas maravilhosas!Sou Al...
Ola Silvia, passei por aqui por azar, e adorei o s...
Eu agradeço a todos que visitam este meu bl...
Linda essa castanha. Onde se fabricam? Em Almodôva...
Boa noite!Cheguei ao seu espaço e nele vi, com sur...
Boa-noite Almodôvar! br > br >Boa-noite Alen...
Numa pesquisa sobre Almodôvar encontrei o seu blog...
Amigo(a) Alentejano(a):Belas e realistas quadras d...

♥pesquisar neste blog ♥